Surto na China: Milhares de pessoas infectadas com doença bacteriana após vazamento da bio fábrica | Mundo | Notícia

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Até agora, 3.245 pessoas tiveram resultados positivos para brucelose, enquanto outras 1.401 pessoas são suspeitas de terem a doença. Os sintomas da doença, também conhecida como febre de Malta ou febre do Mediterrâneo, incluem febre, dores de cabeça, dores musculares e fadiga.

O surto ocorre após um vazamento na fábrica de produtos farmacêuticos biológicos Zhongmu Lanzhou, que provavelmente ocorreu entre o final de julho e agosto do ano passado.

O jornal estatal chinês Global Times disse: “O número é muito maior do que o esperado e aumentou a preocupação generalizada com a propagação da doença e suas consequências”.

A fábrica usava desinfetantes e desinfetantes vencidos ao produzir vacinas contra Brucella para animais.

O gás residual contaminado formou aerossóis, que continham bactérias e vazaram no ar.

Em novembro, as infecções na fábrica estavam aumentando e, no final de dezembro, pelo menos 181 pessoas testaram positivo para brucelose, de acordo com a agência de notícias estatal chinesa Xinhua.

O professor de veterinária da Universidade de Yangzhou, Zhu Guoqiang, disse ao South China Morning Post de Hong Kong: “É um dos incidentes mais sérios devido ao grande número de pessoas envolvidas

“Não tenho certeza se as bactérias às quais foram expostos no ar de exaustão do processo de produção da vacina eram tão tóxicas quanto as encontradas em pacientes que lidaram com animais infectados”.

A possibilidade de transmissão entre humanos é extremamente rara.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Acredita-se que a maioria das pessoas seja infectada por comer alimentos contaminados ou inalar bactérias.

A brucelose é uma doença infecciosa bacteriana que se espalha de animais para pessoas.

Geralmente ocorre entre cães, ovelhas, gado, cabras e porcos.

A notícia chega enquanto a China continua presa no meio da pandemia COVID-19, enquanto a doença assassina invisível continua a se espalhar no país em que se originou em dezembro do ano passado.

Leia Também  Mulheres argentinas em quarentena protestam contra feminicídio em suas janelas · Global Voices

A China continental relatou nove novos casos de COVID-19 em 16 de setembro, abaixo dos 12 relatados no dia anterior, disse a autoridade nacional de saúde do país na quinta-feira.

A Comissão Nacional de Saúde disse em um comunicado que todos os novos casos eram infecções importadas envolvendo viajantes do exterior. O número de novos pacientes assintomáticos também caiu de 16 no dia anterior para 14, embora a China não contabilize esses pacientes como casos confirmados.

O total de casos confirmados de COVID-19 na China continental agora é de 85.223, enquanto o número de mortos permaneceu inalterado em 4.634.

Mais a seguir …



cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br