Jesus, João Batista e amizade com o Senhor – reflexões de um padre milenar

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


“Eu não o conhecia …” e, novamente, “eu não o conhecia”. Essas palavras me assombraram a semana toda. Por duas vezes no relato de João, João Batista, primo de nosso Senhor Abençoado afirma não ter conhecido Jesus. Por que diabos ele diria isso? E sobre o encontro que lemos no evangelho de São Lucas? Naqueles dias, Maria se levantou e foi apressadamente para a região montanhosa, para uma cidade de Judá, e entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel. E quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança pulou em seu ventre … ”(Lc 1: 39-41) Não era João que agora batiza no Jordão, que prega uma mensagem de arrependimento e preparação, essa mesma criança pulando de alegria no ventre de sua mãe pela presença de seu Salvador, trinta anos antes? Certamente ele era.

Então, o que dizer dessa afirmação de não ter conhecido Jesus? Para que isso seja verdade, parece que o relato de Luke da Visitação é mera lenda, e não deve ser tomado como verdade. Para manter a credibilidade dos escritos de Lucas, é preciso determinar logicamente que João Batista é distraído ou mentiroso. Contudo, essas conclusões perturbadoras podem ser descartadas, graças a Deus, se lermos um pouco mais profundamente as palavras de São João Batista. “Eu não conhecer Ele ”, diz John. Observe que ele não diz: “Eu não conheci Ele.”

Ah Aí está.

É claro que o Batista encontrou o Senhor, mas ele realmente conhecer Ele? Poderia ele? Não há relato das duas reuniões novamente após a Visita até este momento. Portanto, embora, é claro, seja possível que Jesus e João tenham se encontrado novamente depois que nasceram, só poderíamos estar especulando em reivindicar isso. Trinta anos é muito tempo para ficar longe de alguém. Não é de admirar, então, que João Batista não conhecer Jesus.

Leia Também  Scientologists comemoram 70 anos de Dianética, por Judy Williams

Você conhecer Jesus? Você realmente o conhece? Bem, você está aqui. Você está sentado na igreja, ouvindo uma homilia, presumivelmente não pela primeira e única vez em sua vida. Mas você realmente conhecer Jesus? Ou você simplesmente o conheceu? Estou pensando na situação difícil do velho pastor, que simplesmente não conseguia livrar sua propriedade paroquial daqueles gansos irritantes, até que ele decidiu batizá-los. Então, ele nunca mais os viu!

Dito de outra forma, Jesus é apenas um conhecido, alguém a quem vamos apenas nas ocasiões mais especiais: um batismo, uma primeira comunhão, uma confirmação, um casamento, um funeral, véspera de Natal, Páscoa e coisas do gênero? Ou ele é seu amigo, seu companheiro íntimo? Você O procura, assim como Ele te procura? Você anseia pelo precioso tempo gasto com Ele em oração? Você está consciente da presença dele dia e noite? Você se volta para Ele quando tem uma decisão a tomar? Ele encoraja você na sua alegria, consola você no seu sofrimento? Ele absolveu seus pecados no sacramento da reconciliação? Ele te abençoou com Sua presença eucarística na Santa Missa ou Adoração? Nossos irmãos e irmãs “nascidos de novo” estão envolvidos em algo quando nos dizem que aceitamos Jesus como seu Senhor e Salvador pessoal. De fato, Ele está chamando cada um de nós pessoalmente em uma amizade única e maravilhosa consigo mesmo. Então, eu pergunto novamente, você conhecer Jesus, ou você apenas o conheceu.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Não cometa erros! Não me atrevo a acusar São João Batista de não conhecer Jesus como resultado de qualquer mal-estar espiritual ou religioso. Pelo contrário! Depois de passar décadas no deserto treinando seu corpo e alma para se desapegar das preocupações mundanas, usar pêlos de camelo e comer gafanhotos e mel silvestre, João Batista volta à cena como bastião de espiritualidade, disciplina, fortaleza e fé! Antes, embora o Senhor certamente tivesse se dado a conhecer a seu primo na época da Visitação, ainda não era Sua hora. Quando os batistas se aventuravam no deserto, Jesus também entrava na obscuridade de uma vida oculta em Nazaré. Até agora. Agora Ele é revelado no Jordão. Agora Ele é conhecido por seu primo e batizador, como o “Filho de Deus”. (Jo 1:34) Agora, João pode realmente conhecer Ele. E nós também podemos.

Martírio de São João Batista

Conhecer Jesus, realmente conhecê-Lo pessoalmente e intimamente, tem um custo; não há como se esconder disso. No evangelho de Marcos, são apenas cinco capítulos depois que João batiza nosso abençoado Senhor que ele morre por ele! O martírio está implícito na testemunha. Se testemunharmos a Jesus como o Caminho, a Verdade e a Vida, como nosso amigo divino, como nosso Senhor e Salvador pessoal, devemos estar prontos para dar a vida por Ele. Seremos perseguidos por nossa intimidade com o Senhor. Nossa sociedade, que preferiria que Ele fosse apenas uma figura histórica entre muitas pessoas, oferecendo uma escolha de estilo de vida entre muitas outras de igual valor, não parece aceitar que Ele é verdadeiramente Deus e que Seu caminho, o caminho das bem-aventuranças, o caminho da vida. Cross, é a única maneira de viver. Portanto, nós que pregamos essa mensagem, embora talvez não enfrentemos a ameaça de derramar nosso sangue como João, ainda assim devemos experimentar uma espécie de martírio.

Leia Também  Fotos da Semana - Religion News Service

Nesta sexta-feira, marcharemos para a vida na capital de nossa nação. Nossa paróquia fará sua peregrinação anual a Washington D.C. para testemunha para a verdade que toda vida humana, começando no momento da concepção, é um presente de Deus. Oramos para que não tenhamos outra viagem no próximo ano! Oramos para que possamos ver o fim do aborto. Esta mensagem não é bem-vinda em nossa cultura secular, descartável e de conveniência. No entanto, sabemos que Deus preza cada vida humana, independentemente das circunstâncias. E nós também devemos. Portanto, embora possamos enfrentar um tipo de martírio social por nossas convicções ao testemunharmos a santidade de toda vida humana, não estamos desanimados. Pois estamos testemunhando a verdade! Testemunhamos a Jesus Cristo, nosso Salvador e amigo. Tomamos coração porque conhecer Ele.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br